Leo Drumond/Poesia Rudinei Borges/Rudinei Borges

sede

não tenho sede
só tarde
             só a tarde
             que atravessa a goela
             e adormece o pâncreas
não tenho sede
              só fome de ventre
                                livre
                                cordéis
                                na bocaenxuta
[sede: rudinei borges – 4 de agosto 2011]
[foto: leo drumond]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s