Dias felizes - Beckett/Samuel Beckett

Confissões sobre a peça “Dias felizes” de Samuel Beckett

Vi uma versão muito específica de “Dias felizes”, texto que o dramaturgo irlandês Samuel Beckett finalizou em 1961. Trata-se de uma peça em dois atos. O grande monólogo de uma mulher semi-enterrada foi protagonizado pela atriz brasileira Norma Bengell – que em 2010 completou 70 anos. Em verdade, a montagem dirigida por Emilio Di Biasi era uma significativa homenagem para Bengell. No palco havia, por exemplo, televisores que hora ou outra mostravam imagens de filmes com Nora.

A minha experiência em assistir, por três vezes, a mesma versão de “Dias felizes” foi tenebrosa, angustiante e desesperadora. Não é exagero meu. Porém, foi isso que senti. Eu não entendi direito algumas palavras da fala de Nora, nem tinha lido a peça anteriormente. Não sabia nada da história, apesar de pesquisar a dramaturgia do irlandês Samuel Beckett por conta própria.

A fala interminável da atriz parecia uma grande locomotiva que se movimentava de modo célere em minha direção. Num determinado momento, toda aquela voz incessante me atropelou e eu queria sair do teatro para respirar lá fora. Precisava de ar. Sentia um desejo forte de gritar, de exprimir todos os ódios que guardo dentro do peito. Todos os ódios que sinto por nossa civilização injusta e controladora.

“Dias felizes” é – não sei por quais razões – um canto amaldiçoado, um clamor pela liberdade. O desejo sagaz de nos libertarmos da realidade claustrofóbica que nos rodeia e domina. Mas saí cabisbaixo do teatro com uma vontade – sincera – de mudar a tristeza que circunda os meus dias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s