Textos de Rudinei Borges

Fragmento

É interessante que eu não tenha amado a fruição dos pássaros, a aflição das tardes. Imolável. Irresistível. O meu segredo era a minha sina. É interessante que eu tenha sentado no banco como uma pedra metamorfoseada. Uma pedra de onde escorria lágrima, suor e sangue. É possível que no meu engano habite escondida a verdade dos homens e o meu esmurecimento seja acalanto para flashs de rostos perdidos.

[Escrevi em 27 de janeiro de 2010]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s