Teatro

Exaustão

[Rudinei Borges]

 

Vou dizer ao mundo que quando você vier a tarde vai ser tomada de um explendor tranquilo e a noite nascerá mais cedo, mais terna. Quando estivermos passeando pelos campos vamos furtar as papoulas vermelhas de Jean e Camile. E os moinhos perto de Zaadan cantaram com alguma piedade. E teremos onde deitar o corpo e os ombros. Os ombros não fazem parte do corpo. Só do nosso cansaço.

(Este texto foi escrito na SP Escola de Teatro. Depois de um Exercício de Exautão Física escrevi automaticamente o que vinha à cabeça).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s