Maitan

Maitan, o escritor

Frases e fragmentos marcantes dos livros “Fome de tudo” e “Lixeira” do escritor paulistano, Maitan.

1. Deus é bandido. Rouba nosso tempo de arranjar pão.

2. De todas as tentativas, a fome só me matou uma vez. Eu a matei milhares de vezes.

3. Até o sexo é fome.

4. O coração faz eco na barriga.

5. Não matei ninguém. Matei a fome.

6. A gente perde a dó, a dor.

7. Erro e roubo e erro e roubo e me livro e renasço: mato.

Um pensamento sobre “Maitan, o escritor

  1. Rudinei! que prazer ver este post. Obrigado pelo espaço no seu blog. E sigamos ao experimento! Grande abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s