Albano Martins/Poesia

Cedo ou tarde

Devias saber

que é sempre tarde

que se nasce, que é

sempre cedo

que se morre. E devias

saber também

que a nenhuma árvore

é lícito escolher

o ramo onde as aves

fazem ninho e as flores

procriam.

(Albano Martins, poeta português)

Um pensamento sobre “Cedo ou tarde

  1. Boa escolha de texto, está gostando da poética de Álbano?
    O cotidiano bordado de elegância…

    Abraços…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s