Publicações Recentes
Confidência dos arigós
+ Prosa

Confidência dos arigós

Tive ouro, tive gado, tive fazendas. Hoje sou funcionário público. Itabira é apenas uma fotografia na parede. Mas como dói! (Carlos Drummond de Andrade – Confidência do Itabirano) Migração – palavra tão desgastada. Incerta em quase tudo que anuncia: peleja – sobretudo. Nome, sem batizado, de quem se põe em passagem. Procissão das gentes que … Continuar lendo